20/08/2023 às 10h23min - Atualizada em 20/08/2023 às 10h23min

Ônibus de torcedores do Corinthians capota saindo de BH deixando 8 mortos

Testemunhas relataram que o veículo estava sem freio, segundo informações dos bombeiros.

Redação
Foto: Reprodução/redes sociais
Um acidente envolvendo um ônibus de torcedores do Corinthians resultou em sete mortos na madrugada deste domingo (20). Testemunhas relataram que o veículo estava sem freio, segundo informações dos bombeiros. O acidente ocorreu na Rodovia Fernão Dias, em Igarapé, região metropolitana de Belo Horizonte.

O ônibus, que transportava torcedores do Corinthians de volta para São Paulo após uma partida contra o Cruzeiro no estádio Mineirão, perdeu o controle ao entrar na curva da rodovia. O veículo bateu em um talude e capotou, resultando na tragédia.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou que algumas das vítimas a bordo afirmaram que o motorista havia gritado que o ônibus estava sem freios. Das 43 pessoas que estavam no ônibus, sete perderam a vida no local.

O veículo havia sido contratado por uma subsede da torcida organizada Gaviões da Fiel do Vale do Paraíba, em São Paulo, para transportar torcedores de várias cidades. A tragédia gerou comoção e solidariedade entre diversos clubes de futebol do Brasil, incluindo Vasco, Cruzeiro, Ceará e Chapecoense.


Foto: Reprodução/Redes sociais


As circunstâncias exatas do acidente estão sendo investigadas, mas as informações iniciais apontam que o motorista perdeu o controle na curva, resultando na colisão e capotamento do ônibus.

Equipes de resgate, como Corpo de Bombeiros, SAMU e Polícia Rodoviária Federal, atuaram no local para prestar socorro e realizar as investigações necessárias. A Arteris Fernão Dias, concessionária responsável pela rodovia, também se pronunciou lamentando o ocorrido e oferecendo apoio às vítimas e familiares. A pista no sentido São Paulo ficou interditada devido ao acidente.

Matéria em Atualização....
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas