02/08/2023 às 09h19min - Atualizada em 02/08/2023 às 09h19min

Brasil joga mal e está eliminado da Copa do Mundo Feminina

Brasil volta a ser eliminado na fase de grupos após 28 anos, repetindo os feitos de 1991 e 1995.

Redação
Foto: Reprodução / Reuters

A esperança de avançar para as fases eliminatórias da Copa do Mundo Feminina foi frustrada para o Brasil, que enfrentou dificuldades diante do ferrolho jamaicano e ficou em 3º lugar no grupo F, após um decepcionante empate sem gols. O jogo realizado em Melbourne, na Austrália, marcou também a última participação de Marta em Copas do Mundo.

Com a necessidade de uma vitória para garantir a classificação sem depender de outros resultados, a Seleção Brasileira não conseguiu superar a defesa da Jamaica e se viu eliminada na fase de grupos. O primeiro tempo foi marcado por esforços, mas a insistência em cruzamentos resultou em muitos erros e falta de criatividade no ataque. No segundo tempo, o cenário se complicou ainda mais, pois o ferrolho jamaicano tornou-se impenetrável e a equipe brasileira não conseguiu oferecer perigo à goleira adversária.

A eliminação foi confirmada após o apito final, com a vitória da França sobre o já eliminado Panamá. O resultado negativo deixou a equipe brasileira fora das próximas etapas da competição.

Além da frustração da eliminação, a partida também marcou o fim de uma era, já que a capitã da Seleção, Marta, anunciou que esta seria sua última participação em Copas do Mundo Femininas. A atacante brasileira, que ostenta um brilhante histórico de conquistas e premiações ao longo de sua carreira, não conseguiu balançar a rede no último jogo.

O Brasil, que participou de todas as nove edições da Copa do Mundo Feminina, não enfrentava uma eliminação na fase de grupos desde 1995. Essa é a terceira vez que a seleção brasileira não avança para as etapas eliminatórias da competição, repetindo os feitos de 1991 e 1995.

A torcida e os fãs do futebol feminino no Brasil agora terão que esperar até a próxima edição da Copa do Mundo para acompanhar sua seleção em busca de uma nova conquista no cenário internacional. Enquanto isso, é hora de avaliar e trabalhar para superar as dificuldades encontradas nesta edição do torneio e voltar ainda mais forte no futuro.


Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas