17/02/2024 às 11h38min - Atualizada em 17/02/2024 às 11h38min

Troca de tiros com a PM termina com morte de assaltante em Ipatinga

A noite de sexta-feira (16) foi marcada por uma intensa operação policial em Ipatinga, que culminou na morte de um assaltante conhecido como Patolinha

A noite de sexta-feira (16) foi marcada por uma intensa operação policial em Ipatinga, que culminou na morte de um assaltante conhecido como Patolinha. O criminoso, Richardson Simon Vieira de Souza, de 27 anos, havia roubado duas motocicletas e estava sendo rastreado pela Polícia Militar quando foi localizado no bairro Bethânia.

Sequência de crimes


Tudo começou na Avenida José Anatólio Barbosa, no bairro Limoeiro, quando Richardson abordou duas pessoas em um bar e, sob a mira de um revólver, exigiu seus cordões e celulares. As vítimas, em um momento de desespero, colocaram os objetos sobre a mesa e o assaltante fugiu.

Em sua fuga, Richardson abandonou a motocicleta que usou no primeiro assalto e roubou outra de um jovem de 23 anos. A vítima, que teve seu celular levado junto com a moto, acionou a PM e informou que o veículo possuía rastreador.

Localização e confronto

Com a localização do rastreador, as equipes da PM cercaram um imóvel na Rua Manila, no bairro Bethânia. Durante a operação, os policiais ouviram um barulho de fuga e avistaram o indivíduo pulando o muro de uma casa.

Na busca pelo assaltante, os militares o localizaram em uma casa de três pavimentos em construção. Ao se deparar com a equipe policial, Richardson teria sacado o revólver e efetuado disparos contra os agentes, que reagiram à agressão.

Atendimento médico e óbito

Mesmo ferido, Richardson foi socorrido pelos próprios policiais e levado ao Hospital Márcio Cunha, onde não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Histórico criminal e material apreendido

Após a identificação, os militares constataram que Richardson era um indivíduo com diversas passagens pela polícia, considerado de alta periculosidade. Havia ainda um mandado de prisão em aberto contra ele.

Na casa onde ocorreu o confronto, a equipe policial encontrou uma capa de colete balístico e o celular roubado no primeiro assalto. No local onde estava a segunda moto roubada, foram localizadas as roupas utilizadas por Richardson nos crimes.

Em uma busca na residência do assaltante, os PMs apreenderam um carregador alongado para arma de fogo semiautomática e uma carteira de identidade falsa com a foto de Richardson, mas em nome de outra pessoa.

Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas