06/02/2024 às 07h09min - Atualizada em 06/02/2024 às 07h09min

Inauguração do novo viaduto do trevo Pastor Pimentel

O prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius, entrega à população o Novo Viaduto do Trevo Pastor Pimentel

Foto Prefeitura de Coronel Fabriciano
O prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius, entrega à população o Novo Viaduto do Trevo Pastor Pimentel, com plenas condições de funcionamento e altura adequada. 
 
A obra é de suma importância pois resolve um grande gargalo para a mobilidade urbana da cidade, trazer mais eficiência e segurança para o trânsito – inclusive para os pedestres – e sem riscos dos constantes “entalamentos de caminhões” em sua estrutura. 
 
A obra envolveu desde parte estrutural à serviços complementares: construção de um novo viaduto com gabarito de cinco metros;alargamento e conformação das vias de acesso (alças); construção das passagens de pedestre nas partes de superior e inferior e ladeando as alças (antes não existia); pavimentação asfáltica; sinalização de trânsito; iluminação com LED e paisagismo.  
 
Passagens de pedestres com proteção 
na parte inferior e superior do viaduto

Na Av. Magalhães Pinto (vias inferiores)
serão 4 pistas, 2 para cada sentido

Na Av. Tancredo Neves/BR 381 (vias superiores) 
serão 3 pistas, 1 via extra sentido Fabriciano-Timóteo 

Elevação da altura do gabarito 
parar 5 metros (antes, era 3,60 metros)
 
O investimento na obra foi de R$ 8 milhões, sendo 70% em recursos próprios do município e 30% do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT)
 
INÍCIO E TÉRMINO
A obra foi iniciada a exato um ano atrás. No dia 30 de janeiro de 2023, o prefeito deu a ordem de serviço para seu início imediato. A Primeira etapa foi demolição da estrutura antiga, limpeza e preparação do local, para então, começar efetivamente a construção do novo viaduto. 
 
DÉCADAS DE ESPERA 
Desde 2017, a gestão Novos Tempos tenta viabilizar junto ao Governo Federal a reconstrução do viaduto. Foram várias tratativas e gestão política até a aprovação do projeto pelo DNIT, em 2020, ocorrido só após o órgão federal realizar obras emergenciais para "manter a segurança e o viaduto de pé". Os recursos foram liberados no final de 2022.
 
O viadutoantigo havia foi construído década de 60, com um gabarito de 3,60 metros eestava com a estrutura em risco devido aos veículos de grande porte que acabam “entalando” no vão local. A norma exigida pelo DNITé que altura seja de no mínimo 4,50 metros, parâmetro que já estava em vigor na década de 60.


Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas