06/02/2024 às 06h06min - Atualizada em 06/02/2024 às 06h06min

Rei Charles III está com câncer, diz Palácio de Buckingham

O Rei Charles III foi diagnosticado com câncer, conforme anunciado pelo Palácio de Buckingham nesta segunda-feira (5)

Foto: Hannah McKay/ Reuters
O Rei Charles III foi diagnosticado com câncer, conforme anunciado pelo Palácio de Buckingham nesta segunda-feira (5). A notícia,  que causou grande preocupação no Reino Unido e no mundo, foi recebida com mensagens de apoio e votos de pronta recuperação de líderes mundiais e da população em geral.

Detalhes sobre o tipo e o estágio da doença não foram divulgados, mas o comunicado do Palácio de Buckingham informa que o Rei já iniciou o tratamento e está "totalmente confiante" em sua recuperação.

O Rei, de 75 anos, passou por uma cirurgia recente para tratar de um crescimento benigno na próstata. Durante a internação, os médicos identificaram o câncer, que não se trata de um tumor na próstata, segundo a agência de notícias Reuters.

Apesar do diagnóstico, o Rei Charles III pretende continuar com seus deveres de Estado, incluindo encontros com o primeiro-ministro Rishi Sunak. Os médicos recomendaram que ele adie algumas atividades públicas, mas o Rei seguirá com "trabalho de escritório" e outras obrigações.

A decisão de tornar o diagnóstico público foi tomada para evitar especulações e para aumentar a compreensão pública sobre o impacto do câncer. A divulgação de uma doença pela família real britânica é uma quebra de tradição, mas demonstra o compromisso do Rei com a transparência e a abertura.

O Príncipe William, filho mais velho do Rei Charles III, é o primeiro na linha de sucessão ao trono. Os filhos de William, George, Charlotte e Louis, também estão na linha de sucessão. O Príncipe Harry, segundo filho do Rei, que reside nos Estados Unidos, viajará para o Reino Unido para visitar seu pai.

Em caso de necessidade,  um conselho de Estado,  composto pela Rainha Camilla, Príncipe  William,  Princesa Anne,  Príncipe Edward e outros membros da realeza, pode ser nomeado para assumir as funções do Rei caso ele não esteja em condições de cumpri-las.

O anúncio do diagnóstico do Rei Charles III causou grande comoção no Reino Unido e no mundo. Líderes mundiais,  como o primeiro-ministro Rishi Sunak e o presidente dos Estados Unidos Joe Biden, enviaram mensagens de apoio e desejaram ao Rei uma pronta recuperação.



 
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas