19/01/2024 às 22h52min - Atualizada em 19/01/2024 às 22h52min

VÍDEO: Homem invade pátio de aeroporto e é sugado por turbina de avião

O homem corre e acena em direção ao avião. Ao se aproximar de uma das portas do lado esquerdo da aeronave, acaba sugado pelo motor

Imagem: Reprodução de Vídeo
O homem corre e acena em direção ao avião. Ao se aproximar de uma das portas do lado esquerdo da aeronave, acaba sugado pelo motor.

Imagens divulgadas por autoridades dos Estados Unidos mostram os momentos finais de um homem que foi sugado por uma turbina de avião. Kyler Efinger, 30, morreu na noite do Ano-Novo depois de invadir o pátio de um aeroporto numa tentativa de embarcar na aeronave prestes a decolar.

A gravação mostra Efinger nervoso ao perceber que havia perdido o voo. Ele tenta abrir uma porta que dá acesso à pista e quebrar uma janela com um tênis. Depois, acessa uma saída de emergência e consegue invadir o local restrito no aeroporto internacional de Salt Lake City, no estado de Utah.

O homem corre e acena em direção ao avião. Ao se aproximar de uma das portas do lado esquerdo da aeronave, acaba sugado pelo motor. O vídeo é interrompido segundos antes do incidente.

Efinger planejava viajar a Denver para visitar o avô doente. Segundo o jornal New York Post, familiares acreditam que ele teve uma crise de saúde mental. Momentos antes, o homem teria ficado retido em um posto de segurança do aeroporto.

O Airbus A220-100, da companhia Delta Airlines, estava em um processo de descongelamento no momento do incidente. Os restos mortais de Efinger foram encontrados na turbina. Aproximadamente cem passageiros estavam na aeronave.

A polícia investiga possíveis falhas de segurança em conjunto com a Administração Federal de Aviação, o Conselho Nacional de Segurança nos Transportes e a Administração de Segurança nos Transportes.

Outras pessoas morreram em situação semelhante nos EUA nos últimos anos. Em junho do ano passado, um trabalhador de pista foi sugado pela turbina de um avião da Delta no aeroporto internacional de San Antonio, no Texas. Ele trabalhava no momento do incidente.

Antes, em 31 de dezembro de 2022, uma funcionária do Aeroporto Regional de Montgomery, no Alabama, também foi "engolida" pelo motor de uma aeronave.
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas