17/08/2023 às 09h00min - Atualizada em 17/08/2023 às 09h00min

Bolsonaro paga multa de R$ 913 Mil por não uso de máscara em Brasília

A multa foi imposta pelo Estado de São Paulo devido a uma infração sanitária relacionada ao não uso de máscara durante um ato público.

Redação
Foto: Reprodução

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) dirigiu-se pessoalmente a uma agência do Banco do Brasil em Brasília no dia 16 de agosto para efetuar o pagamento de uma multa no valor de R$ 913.336,08. A multa foi imposta pelo Estado de São Paulo devido a uma infração sanitária relacionada ao não uso de máscara durante um ato público.

O valor da multa foi confirmado pela defesa de Bolsonaro. O ex-presidente optou por liquidar a dívida em pessoa, ressaltando o comprometimento com o cumprimento das obrigações legais. A infração foi originada durante um evento realizado em 7 de setembro de 2021, na Avenida Paulista, em São Paulo, onde Bolsonaro foi flagrado sem utilizar máscara de proteção facial.

Na época do ato, a utilização de máscaras era uma determinação estabelecida pelo governo do Estado de São Paulo devido à alta transmissibilidade do vírus da Covid-19. O decreto tornando obrigatório o uso de máscaras em locais públicos, tanto abertos como fechados, foi implementado em maio de 2020 como uma medida de prevenção contra a propagação da doença.

A atitude de Bolsonaro em ir pessoalmente a uma agência bancária para efetuar o pagamento da multa destaca a materialização da sanção imposta devido ao desrespeito às normas estabelecidas para a prevenção da Covid-19 no estado de São Paulo. O pagamento encerra um capítulo que gerou ampla repercussão, dada a posição do ex-presidente na época e a relevância do valor aplicado como punição.

Embora o ex-presidente não ocupe mais o cargo, a ação enfatiza a necessidade de observância das regras de saúde pública, mesmo por parte de figuras públicas, e reforça a importância da conscientização em relação às medidas de prevenção durante a pandemia.


Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas