23/06/2023 às 16h17min - Atualizada em 23/06/2023 às 16h17min

Câmara Municipal aprova projeto de lei para novo leiaute da bandeira de Belo Horizonte

Atualmente, a bandeira de Belo Horizonte é composta pelo brasão oficial da cidade sobre um fundo branco

Redação
Foto: Câmara Municipal/Divulgação

A Câmara Municipal de Belo Horizonte aprovou, em segundo turno, o projeto de lei que propõe um novo leiaute para a bandeira da cidade. Com 29 votos a favor e oito contrários, a proposta agora seguirá para a sanção ou veto do prefeito Fuad Noman (PSD).

O texto do projeto recebeu uma emenda dos vereadores Pedro Patrus (PT) e Bruno Pedralva (PT), que sugere a realização de um referendo popular no próximo ano, juntamente com as eleições municipais de 2024, após a aprovação pelos vereadores.

A iniciativa do projeto partiu dos vereadores Cleiton Xavier (PMN) e Jorge Santos (Republicanos), que propuseram um novo modelo de bandeira para a capital. O desenho, criado pelo designer gráfico Gabriel Figueiredo, contempla as cores verde, representando a Serra do Curral, azul, simbolizando o céu, e um sol amarelo.

Segundo o vereador Cleiton Xavier, a criação de uma bandeira específica para Belo Horizonte tem como objetivo fortalecer a identidade da cidade. Ele ressalta que o propósito de uma bandeira difere do propósito de um brasão, e que o novo leiaute oficializa a possibilidade de a capital ter uma bandeira que identifique seu povo e sua sociedade, com traços mais simples em comparação ao brasão.

O parlamentar enfatiza que a proposta não acarretará custos para os cidadãos, ressaltando que o brasão de Belo Horizonte continuará sendo utilizado pelo Executivo de forma oficial, não necessitando ser alterado ou substituído.

Atualmente, a bandeira de Belo Horizonte é composta pelo brasão oficial da cidade sobre um fundo branco. Agora, com a aprovação do projeto de lei, a cidade poderá ter uma nova bandeira que reflita sua identidade de forma mais representativa.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas