31/05/2023 às 13h51min - Atualizada em 31/05/2023 às 13h51min

Violência durante entrevista com Nicolás Maduro resulta em agressões a jornalistas

Agentes de segurança atacam repórter e causam tumulto no Itamaraty, levando a medidas de repúdio e investigação

Redação
Foto: Reprodução

Após a reunião no Itamaraty, agentes de segurança do presidente venezuelano Nicolás Maduro e a serviço do Gabinete de Segurança Institucional da presidência brasileira agrediram jornalistas.

A confusão começou durante uma entrevista com Nicolás Maduro. Os seguranças tentaram impedir a aproximação dos profissionais da imprensa, resultando em empurra-empurra, sendo que um deles desferiu um soco no peito da repórter Delis Ortiz. Devido ao tumulto, não foi possível conseguir imagens do momento da agressão.


As imagens disponíveis são posteriores ao incidente. Outros jornalistas também foram agredidos. Delis Ortiz foi conduzida a uma sala do Itamaraty, onde recebeu atendimento médico e passa bem.

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores lamentou a agressão aos profissionais de imprensa e afirmou que tomará medidas para apurar as responsabilidades.

A Secretaria de Imprensa da Presidência da República divulgou uma nota manifestando solidariedade à jornalista Delis Ortiz e repudiando qualquer tipo de agressão contra jornalistas. A nota afirma que todas as medidas cabíveis serão adotadas para evitar que episódios como esse se repitam.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas