16/05/2023 às 16h02min - Atualizada em 16/05/2023 às 16h02min

Gastos polêmicos: O controverso uso do cartão corporativo por Lula no início de seu mandato

Viagens internacionais e críticas contraditórias marcam os primeiros meses do governo de Luiz Inácio Lula da Silva

Redação
Foto:Reprodução
De acordo com o Portal da Transparência, em apenas 4 meses de governo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva gastou cerca de R$ 12,1 milhões utilizando o cartão corporativo do governo federal.  

 
O cartão corporativo é utilizado para pagamento de despesas autônomas quando há uma necessidade fundamentada.  
 
Lula e seus aliados haviam feitas intensas críticas ao uso desse cartão pelo ex-presidente Jair Bolsonaro e chegaram a dizer que isso significava indícios de corrupção.  
 
Porém, o governo de Lula marcou significativamente o número de servidores que possuem o cartão, passando de 5.845 em 2022 para 2.395 em 2023, representando uma queda de 59% no total.  
 
Apesar da diminuição, os valores das viagens internacionais do presidente Lula ainda chamaram a atenção e geraram discussões. Durante uma viagem à China e aos Emirados Árabes, Lula e sua comitiva gastaram R$ 6, 6 milhões em apenas três dias.  
 
Esses gastos incluem as despesas de mais de 73 pessoas que acompanharam o presidente, ocorreram em uma média de custo de R$ 90.000 para cada acompanhante de Lula.  
 
Durante essa viagem, Lula estabeleceu acordos médicos e retomou o diálogo com o governo chinês. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas