15/05/2023 às 14h09min - Atualizada em 15/05/2023 às 14h09min

Reavaliação do Acordo Mercosul-União Europeia: Desafios e Oportunidades

Parte do novo governo brasileiro vê na sinalização da UE uma oportunidade para discutir outros termos do acordo

Redação
Foto: Reprodução

O acordo Mercosul-União Europeia será reavaliado de acordo com ministro de relações exteriores Mauro Vieira, devido a novas demandas do bloco europeu, possíveis contestações brasileiras e declarações de Lula sobre a guerra na Ucrânia. 

Entre as questões em discussão estão as cotas para produtos agrícolas brasileiros no mercado europeu e exigências relacionadas a compras públicas, que poderiam entrar em conflito com o objetivo de estimular políticas industriais. 


Existem divergências sobre o impacto das declarações de Lula sobre a invasão russa à Ucrânia na relação entre os blocos, e alguns acreditam que a UE está inflexível em suas demandas.

O presidente da Associação Brasileira do Agronegócio, Caio Carvalho, destaca que houve mudanças na relação comercial entre os blocos nas últimas décadas, com uma redução significativa das exportações brasileiras para a Europa. Ele argumenta que a UE ainda age como reguladora mundial.

O governo brasileiro planeja apresentar uma contraproposta à União Europeia, mas não há um prazo definido para isso. A expectativa é de que o acordo possa avançar no segundo semestre do ano, quando a Espanha assume a presidência do Conselho da União Europeia. 

No entanto, a realização de eleições na Argentina nesse período gera preocupação, pois o acordo enfrenta resistência em alguns setores do país vizinho, devido a supostos riscos de desindustrialização.

O presidente da Abag ressalta o interesse dos países do Mercosul e do setor privado no acordo, mas acredita que, nos termos atuais, a parceria enfrentará dificuldades para avançar. Ele destaca que, se a UE insistir em questões que violem as leis internas do Brasil, como a demanda por "desmatamento zero", será difícil assinar o acordo.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas