12/05/2023 às 16h44min - Atualizada em 12/05/2023 às 16h44min

Ipatinga realiza em 19 de maio Caminhada pela Cidadania da Pessoa em Sofrimento Mental

Um evento para promover a inclusão e combater o estigma, em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial em Ipatinga

Redação
Foto: Divulgação/PMI

A Prefeitura de Ipatinga realiza na próxima sexta-feira (19) a Caminhada pela Cidadania da Pessoa em Sofrimento Mental, em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial. O evento tem como tema "Temos fome de amor! Um amor acolhedor!!" e está sendo organizado pela Seção de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com a Associação de Usuários e Familiares Loucos Por Você!.
 
A concentração para a caminhada será na Praça 1º de Maio, no Centro de Ipatinga, às 14 horas. Participarão usuários dos serviços da Rede de Atenção Psicossocial, trabalhadores de diversas políticas públicas, artistas, músicos, instituições, movimentos sociais e toda a comunidade.

 
O objetivo da caminhada é conscientizar a sociedade sobre a importância do cuidado e da atenção às pessoas em sofrimento mental, promovendo um tratamento humanizado e baseado nos direitos humanos. Além disso, a caminhada tem como objetivo combater o preconceito e o estigma relacionados ao adoecimento  mental, promovendo a inclusão social e a valorização da vida.
 
A iniciativa também é importante para lembrar que as pessoas em sofrimento mental devem ser tratadas com respeito e dignidade, em liberdade e no convívio com suas famílias, amigos e comunidade. 
 
SERVIÇOS
A Prefeitura de Ipatinga possui um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II - Clips). A unidade funciona das 7h às 18h, na rua Joaquim Nabuco, 370, Cidade Nobre, anexa à Policlínica Municipal. O município dispõe ainda de um Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPSi), localizado na rua Campinas, 105, Veneza, com atendimentos no mesmo horário. São serviços de urgência em saúde mental, para  atendimentos à crise e reabilitação psicossocial. Além disso, há o trabalho realizado nas Unidades Básicas de Saúde, referências dos bairros. 
 
As urgências e emergências em saúde mental também são atendidas pela rede composta pelo SAMU, UPA e HMEM.  
 
Para informações sobre serviços e tratamentos ofertados na rede municipal de Saúde, procure as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas