19/04/2023 às 11h43min - Atualizada em 19/04/2023 às 11h43min

Jogador do América-MG é condenado por atropelamento

O crime que que resultou na morte de duas pessoas ocorreu em 2020 foi julgado somente agora

Redação
Foto: Reprodução

Marcinho jogador do time do América-MG, foi condenado por homicídio culposo pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro por ter atropelado um casal em dezembro de 2020 e não ter prestado socorro aos professores Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima. 

O jogador estava em alta velocidade no momento do crime, e o atropelamento resultou na morte do casal no Recreio, e só se apresentou à polícia cinco dias depois, na época ele atuava pela equipe do Botafogo. 

Marcinho foi condenado a 3 anos e 6 meses de prisão em regime aberto, porém poderá ser substituído por atividades em serviços sociais, Além disso o jogador teve o direito de dirigir suspenso. 

“Frise-se que o próprio acusado afirmou saber da existência de um posto do Corpo de Bombeiros perto do local, mas não pensou em ir até lá para pedir socorro, não tendo, em momento algum, pensado nas vítimas, mas só em si mesmo”, escreveu o juiz Rudi Baldi Loewenkron. 

Em janeiro, o Ministério Público emitiu laudo em que mostra que havia álcool no sangue do jogador.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas