06/04/2023 às 13h07min - Atualizada em 06/04/2023 às 13h07min

Fabriciano incentiva prática do Handebol na rede municipal de ensino

Para motivar os alunos, a prefeitura oferta transporte e a associação garante os professores, uniforme e promove eventos competitivos e lúdicos

Redação
Foto: Divulgação/ PMCF
Cerca de 300 alunos da rede municipal de ensino de Coronel Fabriciano praticam handebol na escola. O projeto, iniciado em 2022, é ofertado em 5 escolas beneficiadas com o Projeto Educar Mais em parceria com o Hand 7.

Resgatar o handebol é uma iniciativa do poder público em parceria com a Associação Hand7, entidade focada na prática da modalidade esportiva. Por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, a associação firmou parceria com a Vale do Rio Doce e captou R$3 milhões para investir em projetos em várias cidades cortadas pela linha férrea ou que sediam a Vale.

O que é o Hand7?

O Hand7 é um projeto que visa fomentar o handebol nas escolas públicas. Em Fabriciano são duas modalidades implantadas, o handebol e o mini handebol para iniciantes. As aulas de handebol acontecem em dois locais: No Núcleo Ivano Bessa (Curumim), são atendidos alunos das escolas municipais Paulo Franklin, Maria da Graça Ferreira e Argeu Brandão. Na quadra esportiva do bairro Amaro Lanari, onde são atendidas as Escolas Municipal Intendente Câmara, e a Escola Nicanor Ataíde, que fica no Bairro Mangueiras.



Para motivar os alunos, a prefeitura oferta transporte, a associação garante os professores, uniforme e promove eventos competitivos e lúdicos. O coordenador do Projeto Educar Mais, Fábio José Ferreira, ressalta que a iniciativa está possibilitando a educação aliada com o esporte.

"É um projeto grandioso. Os alunos praticam muitas atividades e tem oportunidade de estarem socializando com outros municípios, além da formação profissional no esporte que já foi a modalidade mais praticada no país e fomos campeões mundiais. Então, temos muitas conquistas pela frente", disse.


Edson Assunção, presidente da Associação Hand7, explica que Coronel Fabriciano foi escolhida por ter sido referência no esporte no passado. "A cidade já revelou grandes jogadores e acreditamos que podemos revelar muitos outros atletas aqui. Estamos em 29 cidades em 3 estados e Fabriciano tem um grande potencial", diz.

O Secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, foi atleta de handebol e agora apoia a iniciativa. "Enquanto ex-atleta me orgulha ver o handebol ser valorizado juntamente com as nossas crianças. Além da cidadania, o handebol traz qualidade de vida, vínculos de respeito, de aprendizado e socialização. É com muita gratidão que a gente recebe este projeto e Fabriciano não poderia ficar de fora", disse.

Os alunos interessados em participar do projeto devem procurar a escola em que estão matriculados a fim de verificar a oferta de vagas disponíveis.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas