18/01/2023 às 17h19min - Atualizada em 18/01/2023 às 17h19min

Fabriciano convoca voluntários à doação de sangue para manter estoques do HJMM abastecidos

Agendamento para doação está disponível no site da Prefeitura Municipal

Redação
Foto: Divulgação

O período de férias de janeiro é sinônimo de viagem para muitas pessoas. Mas para os hemocentros em todo o país é sinal de estoques baixos de sangue. E para reverter a queda considerável no volume de doações, a Prefeitura de Coronel Fabriciano e equipe do Hospital Dr. José Maria Morais voltam a sensibilizar voluntários.

No próximo dia 24 de janeiro (terça-feira), o município levará mais um grupo de candidatas à doação até à sede do Hemominas, em Governador Valadares, e ainda há vagas. O hemocentro é o responsável pela coleta e pela distribuição das bolsas de sangue para os hospitais da região, incluindo o HJMM.

A Prefeitura garante o transporte seguro e alimentação aos voluntários. A doação é realizada a cada 15 dias, sempre às terças-feiras. Os interessados podem agendar a coleta pelo telefone (31) 3406-7374 ou fazer o seu cadastro on-line pelo formulário eletrônico no site www.fabriciano.mg.gov.br.

"Infelizmente, o número de doadores, que já é baixo durante o ano todo, fica ainda menor em época de férias e feriados visto que há mais pessoas em trânsito. E este também é o período em que há mais demanda em decorrência de intervenções urgentes devido ao aumento de acidentes. Ou seja, nunca se sabe quando vamos precisar de uma transfusão. Ou seja, mais um motivo para doar e ajudar a salvar vidas", reforça Simone Alves, assistente social do Hospital Dr. José Maria Morais.

No Vale do Aço, apenas o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, possui coleta própria – mas o volume captado é suficiente para atender o consumo interno da instituição.


SEJA VOLUNTÁRIO

De acordo com dados do Ministério da Saúde, apenas 1,4% dos brasileiros têm o hábito de doar sangue regularmente. Número abaixo dos 2% ideais definidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

Os baixos estoques nos hemocentros trazem complicações para os pacientes que dependem de doações regulares devido a algum problema de saúde e também para os atendimentos emergenciais que costumam utilizar o sangue tipo O-, considerado doador universal.
 
Segundo dados do Hemominas, os estoques que se encontram em situação crítica são O-, O+ e A+. Mas todos os tipos sanguíneos são necessários já que o sangue humano é insubstituível e uma única doação é capaz de salvar até quatro vidas.

PARA SER DOADOR

Para ser um doador de sangue é necessário estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, mais de 50 kg, estar bem descansado e alimentado no momento e apresentar documento original e oficial com foto. Quem já doou, deve observar o prazo entre doações de sangue. Homens 60 dias e até quatro vezes por ano; Mulheres: 90 dias e até três vezes por ano.

Na coleta é retirado apenas 450 ml de sangue do doador. Este volume é reposto pelo organismo do doador em apenas 72 horas, mas pode derivar em vários compostos para diferentes tipos de transfusão e salvar até quatro vidas.

SERVIÇOS

O Cadastro on-line de voluntários e agendamento da doação está disponível no site da Prefeitura de Coronel Fabriciano.

Mais informações pelo telefone (31) 3406-7374 ou whats app (31) 7246-0027. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas