13/09/2022 às 11h33min - Atualizada em 13/09/2022 às 11h33min

Fabriciano lidera ranking nacional da atenção primária à Saúde

Anúncio foi feito nesta sexta (9) pelo secretário da pasta em visita à cidade

Redação - Ipatinga/MG
Foto: Divulgação/PMF

O Secretário Nacional de Atenção Primária à Saúde, do Ministério da Saúde, Raphael Câmara, anunciou nessa sexta-feira, 09, em Coronel Fabriciano que o município é o 1º colocado no ranking geral do Previne Brasil, inclusive entre as cidades de grande porte. Antes, o município havia alcançado o posto entre as cidades menores.

O secretário, com sua equipe técnica, veio pessoalmente fazer o anúncio. Depois de se reunir com o Secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, a Gerente de Atenção Básica, Tatiana Cunha Franca e a equipe técnica do município, o secretário nacional e a comitiva estiveram visitando três unidades de saúde. A visita terminou no gabinete do prefeito, Dr. Marcos Vinicius. 

O Previne Brasil funciona com indicadores medidos por meio de ações direcionadas, como Pré-natal, Saúde da Mulher, Saúde da Criança e Condições Crônicas. Para alcançar os índices, o município investiu na capacitação das equipes, aquisição de tablet para os Agentes Comunitários de Saúde – ACS e o cadastramento dos usuários no mesmo, além da informatização das Unidades de Saúde. Estas ações foram essenciais para otimizar um serviço que durava dias. A busca ativa ampliou de 79% para 98% o índice de pessoas cadastradas ao SUS entre o 1º e o 3º quadrimestre de 2021. O lançamento de dados do CNES passou a ser feito por profissionais treinados.

Raphael Câmara disse que veio à cidade para ver de perto o que foi feito. “Quando nós avaliamos estes critérios notamos que o município foi lá pra cima e ficou em primeiro lugar geral entre as grandes cidades brasileiras. Então junto com o secretário e a sua equipe, a gente quer entender essa excelente performance e levar isso para outros municípios do Brasil,” disse.

O Secretário Cacau lembrou que o reconhecimento do Ministério da Saúde é a coroação do trabalho feito nos últimos 3 anos. “Pra conseguir atingir essa meta, nós fortalecemos a atenção primeira. Quando a gente viu que as coisas mudaram, nós capacitamos nossas equipes como o apoio da gestão do ministério. É um caso histórico para Coronel Fabriciano. Vamos trabalhar para continuar entre os melhores do Brasil, sabendo que quem ganha é o nosso cidadão”, contou.

O Prefeito, Dr. Marcos Vinicius, que também é presidente da Associação Mineira dos Municípios, exaltou a vinda do Ministério da Saúde.


“Como médico, eu entendo que a atenção básica é que dá o norte da saúde no município. A gente fica muito feliz porque hoje os municípios estão tendo condições de trabalhar sem ter que ir a Brasília toda semana com o pires na mão. Trabalhando correto, o recurso chega. Como presidente da AMM, eu digo que o problema hoje não está em Brasília. Se a gente fizer o planejamento e executar o trabalho da forma correta durante o ano, o Ministério da Saúde tem cumprido a sua parte”, disse.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas