06/02/2024 às 13h09min - Atualizada em 06/02/2024 às 13h09min

Homem é preso ao tentar subornar policial durante exame de rua em Ipatinga

O crime de corrupção ativa tem pena prevista de 2 a 12 anos de reclusão

Redação
Foto: divulgação

A Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, através da 1º Delegacia Regional de Polícia Civil de Ipatinga, prendeu em flagrante delito um homem de 35 anos pelo crime de corrupção ativa. O fato ocorreu durante uma realização de exame de direção no último sábado (3).

Conforme os detalhes, durante a aplicação dos exames de direção categoria "d", no bairro Bom Retiro em Ipatinga, um candidato ao ver que havia cometido faltas que ultrapassavam a pontuação para aprovação no exame, dirigiu-se ao examinador/policial civil, que comandava no banco da frente a prova e disse as seguintes palavras: "eu já reprovei por quatro vezes, me ajuda!”.

O policial disse ao candidato que o exame é objetivo e que se trabalha com a avaliação de pontos. Neste momento o candidato disse que sabia ter errado, mas se o policial o ajudasse iria ajudá-lo também. Ao ser questionado pela autoridade, ele disse que estava oferecendo dinheiro.

Diante da situação, ele recebeu voz de prisão em flagrante delito pela prática do crime de corrupção ativa, delito com pena de 2 a 12 anos de reclusão e o conduziu à Delegacia de Plantão de Ipatinga. A prisão em flagrante delito foi ratificada e ele foi encaminhado para o sistema prisional.


Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas