09/01/2024 às 09h14min - Atualizada em 09/01/2024 às 09h14min

Detento é morto por colega de cela em Governador Valadares

O detento só foi visto durante o processo de triagem para alvará de soltura

Redação
Foto: enviada ao Vale 24 Horas

Na noite dessa segunda-feira (8), um detento foi morto por um companheiro de cela no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (CERESP), localizado no bairro Santos Dumont, em Governador Valadares.

Segundo relatos das autoridades penitenciárias, a descoberta ocorreu durante o processo de triagem de presos para a retirada de alvarás de soltura, quando um detento informou aos policiais penais sobre a presença de um preso morto em uma das celas.

Ao chegarem ao local indicado, os policiais encontraram um detento caído no chão, com uma corda artesanal envolta em seu pescoço, e tentaram reanimar a vítima por meio de massagem cardíaca. Apesar dos esforços, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e, ao chegar, constatou o óbito do detento.

Identificado como Ismael Rodrigues, de 43 anos, o detento foi vítima de estrangulamento com um tipo de corda improvisada, supostamente feita a partir de um lençol. O companheiro de cela da vítima, um detento de 19 anos, confessou ser o responsável pelo crime.

A perícia da Polícia Civil foi deslocada para o local do ocorrido e o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) para os procedimentos cabíveis. O caso está sob investigação para esclarecer detalhes e circunstâncias do ocorrido.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas