20/08/2023 às 16h02min - Atualizada em 20/08/2023 às 16h02min

Motorista gritou antes do acidente " Segura no que der , rapaziada"

Relato foi dado por testemunhas a militares do Corpo de Bombeiros que atenderam a ocorrência

Foto: CBMMG / Divulgação
Acidente ocorrido  com torcedores do Corinthians que retornavam de um jogo contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Segundos antes do acidente, o condutor do ônibus informou aos passageiros sobre uma falha no sistema de freios. O episódio aconteceu na madrugada de domingo (20/08), na BR-381, situada entre Brumadinho e Igarapé, região metropolitana, resultando em oito vítimas fatais.

João Paulo Balbino, jovem de 25 anos originário de Pindamonhangaba, SP, encontra-se sob cuidados médicos no Hospital Regional de Betim. Ele estava estava sentado atrás do motorista e relatou ter acordado por ele, que gritava: "está sem freio, se segura no que der, rapaziada"

"Após os gritos, o ônibus começou a acelerar e, depois de uma curva, bateu contra um barranco, vindo a tombar. Lembro-me da sensação de ser arremessado internamente", descreveu João Paulo, evidenciando suas lesões nos braços e nas pernas.

Segundo o mesmo, enquanto alguns ocupantes usavam o cinto de segurança, outros não estavam usando. “Busão de organizada é assim, né?”, disse João Paulo. 

Ele enfatizou que, até o momento do acidente, a viagem tinha sido tranquila e o motorista agiu conforme possível dada a emergência.

Gustavo de Paula Dias, torcedor do Corinthians, encontra-se hospitalizado no Hospital Regional de Betim devido a um ferimento na coluna. “Durante a ida, a viagem ocorreu sem problemas. Na volta, eu estava dormindo e não presenciei o ocorrido. Segundo relatos, o ônibus teve um problema de freios na descida da serra. motorista ainda conseguiu fazer duas curvas. Porém, na terceira, não conseguiu manter a direção”, explicou.
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas