04/08/2023 às 13h27min - Atualizada em 04/08/2023 às 13h27min

Suspeito do assassinato de idoso em Santa Rita de Minas é preso em Ipatinga

O crime ocorreu no dia 11 de junho quando Edson Santos De Sousa, de 67 anos, foi executado com um tiro enquanto estava em uma rua na cidade de Santa Rita de Minas.

Redação
Foto: Divulgação/ PCMG

Um homem de 39 anos, suspeito de estar envolvido no assassinato de um idoso em Santa Rita de Minas no dia 11 de junho, foi preso na manhã desta sexta-feira (4) no bairro Iguaçu, em Ipatinga.

A prisão ocorreu durante a Operação Sanctus, conduzida pela Delegacia de Homicídios de Caratinga. As autoridades cumpriram um mandado de busca e apreensão e um de prisão temporária.

Segundo o delegado Sávio Moraes, que está à frente da investigação, os indícios apontam que o crime foi cometido a mando de outra pessoa. Trata-se de um típico crime de pistolagem, também conhecido como homicídio mercenário, onde o assassino é contratado por um mandante para executar a vítima em troca de pagamento.

O mandante do crime também já foi identificado, e a motivação está relacionada a um desacerto entre ele e a vítima, relacionado a questões financeiras e dívida de empréstimo.

O suspeito possui antecedentes criminais por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Após a prisão, ele foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da Justiça.

O delegado Sávio Moraes afirmou que a investigação será concluída nos próximos dias, buscando esclarecer todos os detalhes do crime.

O crime ocorreu no dia 11 de junho quando Edson Santos De Sousa, de 67 anos, foi executado com um tiro enquanto estava em uma rua na cidade de Santa Rita de Minas. A ação dos criminosos foi registrada por uma câmera de segurança, mostrando dois homens chegando de moto e um deles atirando na cabeça da vítima. Após o assassinato, os suspeitos fugiram do local.

A prisão do suspeito é um avanço significativo na investigação, trazendo esperança de justiça para a família da vítima e a comunidade local. A polícia continua trabalhando para identificar e prender todos os envolvidos nesse crime hediondo.


Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas