15/06/2023 às 15h58min - Atualizada em 15/06/2023 às 15h58min

Ajuda: família de Coronel Fabriciano cria vaquinha online para tratamento de bebê

A criança foi diagnosticada com Plagiocefalia Unicoronal e precisa realizar uma cirurgia

Redação
Foto: divulgação

Uma família da cidade de Coronel Fabriciano, em Minas Gerais, está em busca de apoio para o tratamento de seu bebê de quase 6 meses, Pedro. Diagnosticado com Plagiocefalia Unicoronal, uma condição em que um lado da cabeça apresenta a sutura fechada e não cresce adequadamente, a criança precisa passar por uma cirurgia para corrigir o problema.

Para custear a intervenção cirúrgica e os cuidados necessários, a família decidiu iniciar uma campanha de arrecadação online. O link para contribuições estará disponível ao final desta matéria, e qualquer auxílio, seja financeiro ou através de orações, é fundamental para proporcionar uma vida saudável ao pequeno Pedro.

Após consultar um neurologista, foi determinado que o bebê precisa passar por uma cirurgia para abrir as suturas e permitir que sua cabecinha cresça normalmente. No entanto, o plano de saúde da família não cobre integralmente os custos do procedimento, resultando em um valor estimado de R$ 25.000,00 que precisa ser arrecadado.

A vaquinha online foi criada com o intuito de sensibilizar a comunidade e todas as pessoas que desejam ajudar a família nessa jornada. Cada doação fará a diferença e contribuirá para que Pedro receba o tratamento adequado.

Além das contribuições financeiras, a família pede também o apoio em forma de orações. A força e união de todos são essenciais para enfrentar esse desafio e garantir um futuro saudável e promissor para o pequeno Pedro.

Acesse o link da campanha de arrecadação para obter mais informações e contribuir com essa causa nobre: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/todos-com-o-pedro-jamayra-sirqueira?utm_source=site&utm_medium=product-thanks-page


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas