01/06/2023 às 15h21min - Atualizada em 01/06/2023 às 15h21min

Senado aprova medida provisória que restabelece o Bolsa Família e garante Auxílio Gás

Pagamentos aumentados e benefícios adicionais são incluídos na proposta aprovada em tempo recorde de votação

Redação
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O Senado assumiu hoje dia 1/6 a medida provisória que restabelece o programa Bolsa Família. O governo decidiu agir rapidamente para evitar a interrupção do pagamento do Auxílio Gás, que estava previsto em outra medida provisória que expiraria em breve. A votação ocorreu por acordo e foi concluída em cerca de quatro minutos.

A proposta estabelece um pagamento mínimo de R$ 600 pelo Bolsa Família, com um adicional de R$ 150 para crianças de zero a seis anos e R$ 50 para crianças e adolescentes de sete a 18 anos e lactantes. Os beneficiários também podem contratar ajudas consignadas de até 35% do auxílio mensal, sendo 30% destinadas a ajudas e financiamentos, e 5% reservadas para despesas com cartão de crédito.

Além disso, a medida inclui o pagamento adicional do Auxílio Gás, que já estava previsto em uma medida provisória anterior assinada pelo presidente Lula em seu primeiro dia de governo. 

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas