31/05/2023 às 13h35min - Atualizada em 31/05/2023 às 13h35min

Igreja envolvida em apreensão de drogas: polêmica e investigação

Igreja alega desconhecimento da origem das drogas, enquanto polícia monitorava a aeronave e investiga caso

Redação
Foto: Divulgação
A Igreja do Evangelho Quadrangular confirmou ser a proprietária de um avião apreendido com quase 300 kg de drogas no Aeroporto Internacional de Belém, no Pará. No entanto, alega desconhecer a origem das drogas, afirmando que um prestador de serviço terceirizado acessou a aeronave sem permissão. A Polícia Federal está investigando o caso e não confirmou essa versão, nem revelou a identidade do preso ou do proprietário da aeronave.

A igreja usa o avião há três anos para transportar pastores pelo estado. A Igreja do Evangelho Quadrangular foi fundada em Los Angeles, Califórnia, em 1923, e comemora 50 anos de fundação no Pará em 2023.


O fundador da Quadrangular no estado é o pastor Josué Bengtson, tio de Damares Alves. Josué Bengtson teve seu mandato de deputado federal cassado em 2018 e já foi presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

A igreja levou o caso ao conhecimento da Polícia Federal, mas a polícia já estava monitorando as atividades do avião.

O filho de Josué Bengtson, Paulo Bengtson, membro da Igreja Quadrangular e secretário de Estado, afirmou que o avião era usado para transporte de pastores e também para pequenos transportes de terceiros por meio de acordos de permuta de voos durante a pandemia.

Ele aguarda a conclusão da investigação e acredita na punição de todos os envolvidos.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas