26/05/2023 às 14h38min - Atualizada em 26/05/2023 às 14h38min

Epidemia de arboviroses em Minas Gerais agrava-se com aumento alarmante de mortes

Dengue e chikungunya causam preocupação crescente no estado, com números alarmantes de casos e óbitos

Redação
Foto: Reprodução

A epidemia de arboviroses em Minas Gerais está piorando, com um aumento preocupante no número de mortes por dengue e chikungunya nos últimos dias. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), até a última atualização, foram registradas 96 mortes por dengue, com outros 117 casos em investigação. O número de casos confirmados de dengue também aumentou, passando de 146 mil para 173 mil.


Estima-se que haja mais 345 mil casos prováveis. Quanto à chikungunya, foram registrados 21 óbitos, com 16 casos em investigação. O total de casos prováveis de chikungunya é de 66.789, com 33.442 confirmados.

Os números de zika permanecem estáveis, com 250 casos prováveis e 25 confirmados, sem mortes. Montes Claros é o município com mais casos de chikungunya e zika, além de ter o maior número de óbitos por chikungunya. Belo Horizonte lidera os casos de dengue, com mais de 19.800 confirmados, enquanto Uberlândia registrou o maior número de mortes por dengue, totalizando nove vítimas.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas