10/05/2023 às 13h11min - Atualizada em 10/05/2023 às 13h11min

​Projeto Catavento promove oficinas, workshops e apresentações culturais gratuitas em Belo Oriente

O Projeto vem até Belo Oriente para promover ações culturais

Redação
Foto: Divulgação

O Projeto Catavento chega a Belo Oriente para promover ações culturais gratuitas à comunidade até o mês de julho. Na última segunda (8) e terça-feira (9), foram realizadas oficinas de teatro e dança nas Escolas Municipais José Lagares de Lima e Francisco Gonçalves de Brito. As atividades atenderam mais de 100 alunos. A iniciativa é do produtor cultural Rômulo Amaral, com apoio da Fundação Renova, por meio do Edital Doce, e parceria da Prefeitura de Belo Oriente, por meio da Secretaria de Educação. 
 
Ao longo dos próximos dois meses, os estudantes das redes municipal e estadual de ensino serão contemplados com três oficinas: Jogos Teatrais, com Mari Antonaci; Dança e Expressão Corporal, com Alan Santos e André Rissi; e Maquiagem, com Rômulo Amaral. As atividades acontecem dentro das escolas e cada oficina oferta 25 vagas. As próximas a receberem as atividades são as Escolas Municipais Antônio Firmino, em Braúnas, Hilda de Morais, em Perpétuo Socorro, e a Escola Estadual João Hemétrio de Menezes, em Belo Oriente.
 
O Projeto também vai promover workshops para arte-educadores e apresentações culturais em praças de Belo Oriente e Perpétuo Socorro. Para acompanhar as ações do projeto siga e acesse o Instagram @catavento.cultura .


“Por onde o Catavento passar, queremos propagar a arte por meio de vivências, oficinas formativas, interação entre artistas e comunidade, ações de arte-educação e outras atividades gratuitas. Acredito que o acesso à arte seja um dos primeiros passos para fortalecer a cultura”, ressalta o produtor Rômulo Amaral.

 
A secretária de Educação da Prefeitura de Belo Oriente, Dulcineia Vidigal, também destaca as contribuições do projeto para as crianças e comunidade.


“O contato dos alunos com novas formas de expressões artísticas abre um amplo espaço para o desenvolvimento da criatividade, do raciocínio e sensibilidade. Por meio da arte, formamos crianças mais seguras e emocionalmente mais fortes e felizes”, afirma.
 

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas