27/04/2023 às 15h12min - Atualizada em 27/04/2023 às 15h12min

Projeto Controlador Júnior estimula cidadania nas escolas da rede municipal de Ipatinga

A atividade busca mostrar aos estudantes como desenvolver seus deveres e direitos no ambiente escolar

Redação
Foto: Divulgação/PMI

A Secretaria de Educação de Ipatinga e a Controladoria Geral anunciaram nessa quarta-feira (26) que será lançado na próxima semana, na rede municipal de ensino,o Projeto Controlador Júnior. O trabalho visa estimular a cidadania ativa entre alunos, professores e colaboradores,contribuindo para a propagação de conhecimentos do controle internoquanto à transparência e preservação do patrimônio público,permitindo a reflexão e ação de jovens diretamente em políticas públicas educacionais.

 
“A ação tem como objetivo desenvolver o exercício de direitos e deveres políticos e sociais no ambiente escolar, focando no reforço dos valores éticos dentro da escola, colocando em prática princípios que regem a administração pública”, destacou a secretária de Educação, Patrícia Avelar.
 

Em um primeiro momento serão cinco escolas atendidas com o projeto: Escola Municipal Padre Bertollo, Carlos Drummond de Andrade, Vilma de Faria e Silva, Padre Cícero de Castro e Zélia Duarte Passos. Os alunos participantes estão matriculados nos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental.
 

“Acreditamos que o trabalho conjunto das duas secretarias estimulará o protagonismo na escola, expressando o compromisso com a conservação do patrimônio público, estimulando ações de gestão participativa nas escolas da rede municipal”, destacou o Controlador Geral do Município, Diêgo Tuschtler.
 

SOBRE O PROJETO
Para o cumprimento de sua finalidade, o projeto conta com uma Comissão Organizadora composta por servidores da Controladoria Geral e Secretaria Municipal de Educação, sendo um professor referência selecionado pela direção/equipe escolar e um monitor, devendo ser este Assistente Administrativo Financeiro.
 
AVALIAÇÃO E PREMIAÇÃO
A avaliação do projeto será realizada por meio de medição do desempenho do Projeto Controlador Júnior de cada escola, e o julgamento da execução quanto ao incremento do sentimento de pertencimento e protagonismo nos estudantes participantes, bem como a promoção de ações de controle social, trazendo melhorias para as escolas.
 
Ao final, haverá a certificação dos alunos e escolas participantes e a premiação será definida pela SME e Controladoria aos vencedores do Projeto. O cronograma das atividades será pré-definido pela equipe diretiva das escolas participantes. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas