12/04/2023 às 13h32min - Atualizada em 12/04/2023 às 13h32min

​Deu início a Campanha de vacinação em Timóteo contra a gripe

A Secretaria de Saúde disponibilizou o serviço em dez unidades de saúde

Redação
Foto: Divulgação/PMT

A  25ª Campanha de Vacinação contra Gripe iniciou na segunda-feira (10) em Timóteo, prosseguindo até o dia 31 de maio.  A Secretaria de Saúde e Qualidade de Vida disponibilizou dez unidades básicas de saúde (UBS) com salas de vacina para a imunização contra a influenza. O público alvo está estimado em 31.809 habitantes Além das pessoas idosas com 60 anos ou mais, a campanha atingirá crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, professores do ensino básico e superior, gestantes e puérperas, pessoas com deficiência permanente, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais entre outros grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde. 

As salas de vacina funcionarão nos seguintes horários:  UBS de Cachoeira do Vale, Ana Rita, Timotinho e Limoeiro, de 7h30 às 11h30 e de 13h às 16h30; UBS do Ana Moura, de 7h30 às 11h30; UBS do Novo Tempo, 13h30 às 16h30; UBS do Macuco, Alegre, João XXIII e Primavera, de 7h30 às 12h.  É necessário levar o cartão de vacina e documento de identidade.

A campanha faz parte do movimento nacional de vacinação que tem como tema “Vacina é vida. Vacina é para todos”e alerta sobre a importância da proteção contra a influenza, que protege contra as principais cepas do vírus e reduz os casos pneumonia e de internação hospitalar. 

Em 2022, o percentual geral no município foi de 69%. Na estratificação dos públicos, o percentual de cobertura vacinal em crianças foi de 61%, em gestante 41,2% e em idoso 69,5%. “A nova campanha pretende atingir o percentual mínimo de 90% para se ter um cenário epidemiológico ideal para diminuição dos riscos de sintomas agravados (SRAG – Síndrome Respiratória Aguda Grave) em virtude da gripe”, informa a gerente de Vigilância em Saúde de Timóteo, Ana Amélia Camilo Soares.

Grupos prioritários

Além da relação já citada, fazem parte dos grupos prioritários: povos indígenas; profissionais das forças de segurança e salvamento e das Forças Armadas; trabalhadores portuários; caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; população privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade; e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

“É importante esclarecer que a vacina influenza pode ser administrada na mesma ocasião de outras vacinas do Calendário Nacional de Vacinação. Portanto, caso o usuário precisar completar o cartão vacinal, se informe com o profissional da sala de vacina e aproveite a oportunidade para se proteger’, ressalta a gerente.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas