11/04/2023 às 17h58min - Atualizada em 11/04/2023 às 17h58min

Secretaria de Educação de Timóteo investe na “Cultura da Paz” em escolas

Além da abordagem pedagógica, governo mantém sistema de monitoramento com câmeras e vigilantes

Redação
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, atua de forma permanente na formação educacional e cidadã de seus alunos. Entre os projetos de caráter contínuo, está o da “Cultura da Paz nas Escolas” que busca estimular os alunos a terem uma convivência harmoniosa dentro e fora do espaço escolar, com respeito e empatia por cada um dos integrantes da comunidade escolar, seja professores, merendeiros, auxiliares, colegas de sala, equipe diretiva. O projeto também conscientiza sobre necessidade do cumprimento do regimento de cada unidade escolar.

Além da atuação pedagógica, a Prefeitura de Timóteo mantém um sistema de monitoramento do patrimônio público com a vigilância realizada por profissionais qualificados nos prédios escolares. A instalação de câmeras em todas as escolas da rede municipal (18 unidades) foi concluída em novembro do ano passado.

Na tarde desta terça-feira, o prefeito em exercício José Cassemiro Vespasiano, o Professor Vespa, realizou uma visita ao lado do tenente Vicente, da 85ª Cia PM de Timóteo, e do vereador Brinell Tozatti nas escolas Infantil Cecília Meireles e Escola Municipal do Novo Tempo para conferir o sistema de monitoramento e segurança nessas unidades escolares.

Foram contempladas as UMEIs Angélica Araújo Costa, Cantinho da Descoberta e Prof. Ruimar Bertelli Machado; infantis Cecília Meireles, Monteiro Lobato e João Bolinha; escolas de Educação Fundamental José Moreira Bowen, Angelina Alves de Carvalho, Ana Moura, Clarindo Carlos Miranda, Joaquim Ferreira de Souza, Novo Tempo, Prof. Maria Aparecida Martins Prado, Virgínia de Souza Reis, Limoeiro, Escola Municipal de Timóteo, Instituto Municipal de Educação Técnica de Timóteo (IMETT) e Centro Municipal de Educação Integrada/Educação de Jovens e Adultos.

Cultura da Paz

Visando prevenir a violência no ambiente escolar, a Secretaria de Educação atua em três eixos:

Projeto Escola Segura; Projetos Integradores de Cultura da Paz nas escolas; e parceria com a comunidade externa da escola.

O Projeto Cultura da Paz possui várias ações integradas visando coibir atos de bullying, tanto relacionados à violência física ou psicológica, agressões físicas e vandalismo. Orientações, debates e eventos educativos são desenvolvidos de forma pedagógica no processo de enfrentamento à violência. As ações buscam abranger toda a comunidade na qual a escola está inserida.

A Secretaria de Educação também oferece atendimento psicossocial individualizado e/ou em grupo de acordo com as demandas, orientando a buscar atenção especializada quando necessária. As escolas contam ainda com a parceria da Polícia Militar no projeto PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência). Desenvolvido pela Polícia Militar com a colaboração da escola e família, o PROERD tem por objetivo capacitar jovens estudantes de informações e habilidades necessárias para viver de maneira saudável, sem drogas e violência.

Programa Gestão Financeira Educacional

A instalação das câmeras nas escolas foi possível por meio do Programa de Gestão Financeira Educacional (PGFE)/ Escola Segura, totalizando investimentos de R$ 414 mil em equipamentos. O repasse do PGFE é feito com recursos próprios da Prefeitura de Timóteo, cabendo à equipe diretiva fazer sua gestão. Cada diretor orçou e contratou o fornecedor, que apresentou o menor preço.

O monitoramento é feito através do usuário de cada diretor, sendo possível instalar, inclusive, no celular. O valor anual do serviço de monitoramento gira em torno de R$59 mil por ano. A Secretaria de Educação, juntamente com os diretores das escolas, estuda a ampliação do monitoramento por câmeras, com a instalação de equipamentos em sala de aula, com o intuito exclusivo de contribuir com a segurança.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas