28/09/2022 às 10h44min - Atualizada em 28/09/2022 às 10h44min

Projeto Ajudôu atenderá mais de 2.500 crianças em Minas Gerais e Espírito Santo

Beneficiários terão aulas gratuitas de judô, futebol de campo, futsal, vôlei e handebol

Redação - Ipatinga/MG
Foto: Divulgação/Ajudôu

O Ajudôu está expandindo suas atividades em 22 cidades de Minas Gerais e Espírito Santo. Com patrocínio da Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, os projetos Esporte Total, Esporte e Cidadania e Mais Judô vão atender 2500 crianças e adolescentes com aulas de judô, futebol de campo, futsal, vôlei e handebol. 

“Acreditamos que o esporte pode ser uma importante ferramenta de transformação, ampliando as oportunidades para as comunidades, especialmente  aquelas que enfrentam desafios e vulnerabilidades sociais. Patrocinamos projetos como esses buscando contribuir com a formação de crianças e jovens nos territórios de atuação da Vale”, afirma a gerente da Fundação Vale, Fernanda Fingerl. 

Os projetos sociais do Ajudôu se apoiam nos valores universais do esporte para impactar essa faixa etária. A disciplina, cooperação, altruísmo, superação, respeito à diversidade, integridade e honestidade, transformam os alunos em verdadeiros e saudáveis cidadãos. A prática esportiva produz efeitos positivos para todos, contudo, para as crianças, esses efeitos permanecem pelo resto de suas vidas. Durante esta fase, eles recebem todos os tipos de informações e estímulos que desempenham um papel na formação de sua personalidade. 

“Trabalhamos para mudar os corações e as mentes das crianças. O Ajudôu acredita que o esporte é a ferramenta de inclusão social mais eficaz que existe. Nosso objetivo é sempre atender o maior número de crianças possível. Temos muito orgulho da Vale caminhar com a gente nessa missão, em 22 cidades, que vai oferecer esporte gratuito para 2500 crianças”, destaca Júlio César Lana Jaques, Fundador e Diretor Executivo do Ajudôu.

Cidades Atendidas
Os locais dos núcleos são escolhidos em parceria com a Vale e as prefeituras municipais. As cidades atendidas pelo projeto Esporte Total, que já iniciou, são Belo Oriente, Conselheiro Pena, Aimorés e Resplendor em Minas Gerais. No Espírito Santo são Baixo Guandu, Colatina (dois núcleos), Fundão, Ibiraçu e João Neiva.  Pelo Esporte e Cidadania a bola já está rolando nos municípios mineiros de  Periquito, Timóteo, Coronel Fabriciano, Santa Maria de Itabira , Mariana , Itueta, São Gonçalo do Rio Abaixo, Santa Bárbara e Nova Era. 

“O Projeto Esporte e Cidadania proporciona para as crianças novaerenses a oportunidade de praticar esporte de qualidade gratuitamente. Essas aulas, no contraturno escolar, vão além da atividade física, auxiliando diretamente na formação educacional do aluno”, comenta Fabricio do Nascimento Neto, Diretor Municipal de Esporte e Lazer de Nova Era. 

Já as aulas do Mais Judô iniciam em outubro nas cidades mineiras de Antônio Dias, Nova Era, Itabira, Ipatinga (dois núcleos) e Santana do Paraíso. 

Como funcionam os projetos
Durante 12 meses, os beneficiários terão contato com aulas de esporte no contraturno escolar duas vezes por semana. Todos os alunos precisam estar matriculados na escola.  Além das atividades, os projetos contam com palestras educativas que abordam assuntos como bullying, primeiros socorros, segurança e educação ambiental. 

Mais informações sobre as vagas dos projetos por meio do direct do instagram institucional do Ajudôu: https://www.instagram.com/oajudou/

Sobre o Ajudôu
O Ajudôu é uma Organização não Governamental, reconhecida pela utilidade pública nas esferas municipal e estadual. Foi fundado em 1995, em Timóteo-MG, e já atendeu mais de 35 mil crianças e adolescentes com aulas de judô e outros esportes gratuitamente. Atualmente, o Ajudôu está expandindo seus trabalhos para mais de 40 cidades em 6 estados diferentes.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas