22/08/2022 às 15h21min - Atualizada em 22/08/2022 às 15h21min

Simulado Enem do Unileste prepara mais de 1.300 estudantes da rede pública de ensino para o exame nacional

Segundo o reitor do Unileste, Dr. Genésio Zeferino, o Simulado Enem é uma boa oportunidade para os participantes avaliarem como está seu rendimento e aprimorarem os estudos

Redação - Ipatinga/MG
Aplicação do Simulado Enem hoje (22), na Escola Estadual João XXIII, em Ipatinga. Foto: Divulgação/Unileste

O Centro Universitário Católica do Leste de Minas Gerais (Unileste) iniciou hoje (22), a aplicação presencial e gratuita do Simulado Enem – projeto que auxilia escolas públicas e seus estudantes a se prepararem para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), uma das principais portas de entrada para o ensino superior no Brasil, em oito escolas públicas da região metropolitana do Vale do Aço.  

Com a aplicação do simulado, que se estende até a primeira semana de setembro, a expectativa é de que os estudantes, com o apoio de seus professores, estejam preparados para as provas do Enem, que serão aplicadas nos dias 13 e 20 de novembro. Segundo o reitor do Unileste, Dr. Genésio Zeferino, o Simulado Enem é uma boa oportunidade para os participantes avaliarem como está seu rendimento e aprimorarem os estudos.   

"Queremos oportunizar aos estudantes, que estão prestes a concluir o ensino médio, maior vivência com o mundo Enem, dando condições não só de estudo, mas também de preparo psicológico para as provas. O projeto possui o mesmo modo de aplicação, número de questões (180), duração e outras exigências do exame oficial, para trazer o resultado mais verossímil possível aos estudantes e escolas", ressalta.  

Os alunos terão cadernos de provas e cartão resposta semelhantes aos aplicados no Enem – em condições similares às do exame oficial –, as correções das provas de múltipla escolha e a redação também utilizam o mesmo sistema de apuração do exame, chamado de Teoria de Resposta ao Item (TRI). Já as escolas recebem relatórios geral e individual dos seus alunos, o que permite analisar quais conteúdos, metodologias e áreas do conhecimento o aluno, a turma ou mesmo a escola precisa de reforço ou reformulação e, também, os que têm tido bons resultados. Os estudantes também têm acesso à plataforma onde poderão conferir gabaritos, resolução das questões e outros exercícios relacionados a cada área, caso queiram se preparar ainda mais. 

 Atualmente, o resultado do Exame Nacional substitui o processo seletivo de muitas instituições públicas e privadas de todo país, além de possibilitar chances de bolsas em instituições de ensino superior privada e a financiamentos, como o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).  

No Unileste, os estudantes participantes além de concorrerem a bolsas de até 100%, dependendo do seu desempenho no simulado, têm a oportunidade também de substituir a prova do vestibular utilizando o resultado do simulado, se alcançarem resultados estabelecidos como pré-requisito.  

Sobre o Projeto  

Criado pela Instituição no ano de 2017, o projeto tem o objetivo de oportunizar aos estudantes um melhor preparo para o exame e dar subsídio para que as escolas consigam avaliar não apenas o aluno individualmente, mas todo processo de ensino-aprendizagem, identificando eventuais dificuldade na assimilação dos conteúdos aplicados, assim como a identificação de possíveis pontos de melhoria e/ou potenciais para que, dessa forma, os estudantes tenham um melhor desempenho no exame e condições para dar continuidade à sua formação profissional. 


Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas