28/11/2023 às 14h39min - Atualizada em 28/11/2023 às 14h39min

Regularização fundiária irá beneficiar mais de 6 mil pessoas em Ipatinga

Moradores do Morro do Cruzeiro recebem informações atualizadas sobre os avanços do processo

Redação
Foto: divulgação

Representantes da Prefeitura de Ipatinga, acompanhados de técnicos da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço – ARMVA, promoveram na noite desta segunda-feira (27) um encontro com moradores do bairro Bethânia, no qual foi apresentado à comunidade o estágio atual do processo de regularização fundiária na região da rua Pusco, no Morro do Cruzeiro. A conquista está sendo assegurada por meio do Minas Reurb – Programa Mineiro de Integração e Regularização Territorial.

“Já avançamos muito. Foram realizados voos no local, cadastro dos beneficiários e pesquisas cartoriais. Agora uma equipe de topografia irá visitar todos os lotes da área para medição e produção de um mapa com alta precisão”, adiantou o prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes.

Vale destacar que o processo de regularização fundiária nas ruas Boston, Pusco e Turim foi iniciado em 2001, por meio de um convênio com o Programa Habitar Brasil. Contudo, decorridos mais de 20 anos nenhuma administração anterior conseguiu concluir os procedimentos técnicos para entrega às famílias dos títulos de propriedade, ação que está sendo efetivada com êxito pela gestão atual. A regularização dos imóveis nestas áreas deverá beneficiar direta e indiretamente mais de 6.000 pessoas.

"Concretizar a regularização da propriedade do imóvel a estas famílias é uma grande realização para Ipatinga. Assim as pessoas poderão investir em seu imóvel, fazer planos de trocas e melhorias, as moradias estarão muito mais valorizadas. É qualidade de vida e respeito aos moradores e proprietários”, acentuou ainda o prefeito.

Benefícios

A regularização fundiária possibilita ao morador a conquista de endereço próprio reconhecido pelo poder público. Além disso, há segurança na posse, por meio do reconhecimento legal e do recebimento de título de propriedade.

Além de contar com a valorização do imóvel e a garantia de transmissão por herança, o proprietário passa a ter ainda direito a financiamento bancário ou a melhores condições de crédito.


Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas