14/08/2023 às 08h48min - Atualizada em 14/08/2023 às 08h48min

Jovem de 21 anos é vitima de estupro no bairro Jardim Panorama em Ipatinga

O fato aconteceu enquanto a jovem caminhava pela Avenida Maanaim, depois de ter sido abandonada pelo companheiro.

Redação
Foto: Reprodução

Uma ocorrência de estupro foi apurada na madrugada deste domingo (14) pelo militares em Ipatinga. Uma jovem de 21 anos, foi vítima de um estupro consumado enquanto caminhava pela Avenida Maanaim, no bairro Jardim Panorama.

Segundo informações registradas no Boletim de Ocorrência,o incidente ocorreu por volta das 01h35 da manhã. Ela estava acompanhada de um amigo chamado, e havia visitado o Motel 600, onde mantinha uma relação sexual consentida com ele. No entanto, após o encontro, eles tiveram uma breve discussão, e o rapaz saiu andando à frente da vítima, levando consigo seus documentos e aparelho celular.

Enquanto caminhava pela rua, ela teria sido abordada por um homem desconhecido que estava em uma bicicleta. O indivíduo era de estatura média, cor branca, usava barba e trajava uma roupa escura, semelhante a um uniforme de empresa. Ele a confortou, ofereceu ajuda e ofereceu para subir na bicicleta, prometendo dar uma carona.

A vítima aceitou a oferta pensando que seria ajudada, mas assim que estava na Avenida Maanaim, o suspeito parou a bicicleta, a puxou pelo braço e levou à beira de um córrego, onde cometeu o estupro. A vítima relatou que foi forçada a manter relações sexuais contra a sua vontade e sem o uso de preservativo.

Apesar de ter ingerido bebida alcoólica horas antes, a vítima estava ciente e afirmou que não consentiu com os atos. Ela pediu repetidamente para que ele parasse, mas suas súplicas não foram atendidas. Após o abuso, o agressor fugiu do local.

A jovem foi encontrada por uma testemunha, chorando na Avenida Monteiro Lobato. Após ouvir a história da vítima, Fábio acionou a emergência policial. A jovem foi levada para o atendimento do Hospital Municipal de Ipatinga (HMC), onde recebeu o médico. A médica responsável coletou materiais biológicos para investigação.

Apesar dos esforços das autoridades, o suspeito de cometer o crime ainda não foi localizado ou identificado. A vítima não forneceu muitos detalhes sobre o agressor, mas câmeras de segurança da região podem auxiliar na identificação. A Polícia Civil está trabalhando na investigação, e a população espera por mais informações e a captura do responsável por esse ato terrível.


Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas