07/06/2023 às 16h39min - Atualizada em 07/06/2023 às 16h39min

Prefeitura de Fabriciano ofertará cirurgias de vasectomia e laqueadura na rede pública

Acesso facilitado a procedimentos de planejamento familiar atende demanda e promove saúde na cidade

Redação
Foto: Divulgação/PMCF

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde, ofertará a partir deste mês cirurgias de vasectomia e laqueadura pela rede pública de Saúde no Hospital Dr. José Maria Morais.

As cirurgias de vasectomia já vinham sendo feitas no Centro de Especialidades Médicas (CEM). O município já possui habilitação do SUS para realização das cirurgias.

A conclusão do credenciamento dos dois serviços foi feita pela Coordenação Materno Infantil da Secretaria de Estado da Saúde por meio de memorando em resposta à solicitação do Conselho Municipal de Saúde.

O Secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, comemorou o credenciamento: "Esta é a realização de mais um sonho dos moradores de Coronel Fabriciano na área da saúde e o cumprimento de mais uma promessa do prefeito, Dr. Marcos Vinícius. A vasectomia e a laqueadura são programas de saúde pública importantes que atingem pessoas necessitadas. É comum a pessoa querer interromper a reprodução, não ter mais filhos por questões próprias e, muitas vezes, não fazer por não ter dinheiro para isso. Agora poderá fazer pelo SUS em nosso hospital", disse.

Cacau enaltece o planejamento feito para capacitar o serviço de saúde do município.

"O Ministério da Saúde reconheceu a capacidade de Coronel Fabriciano para realizar as cirurgias, habilitou o nosso hospital e já começamos a fazer. Isso é um reconhecimento da eficiência que alcançamos na saúde e no nosso hospital que foi reaberto e agora atinge níveis de excelência em atendimento", disse o secretário.

UBS, A PORTA DE ENTRADA

Os interessados em fazer laqueadura ou vasectomia precisam procurar a Unidade Básica de Saúde de referência, ou seja, aquela em que a pessoa costuma ser atendida. No caso da laqueadura, a paciente também pode procurar o CRAS ou CREAS. Uma vez encaminhada, ela receberá o atendimento do Programa de Planejamento Familiar da Saúde da Mulher, no Centro de Especialidades Médicas (CEM).

Uma equipe multiprofissional faz o protocolo e avalia a elegibilidade para a cirurgia. Em seguida é marcada a cirurgia no Hospital Dr. José Maria Morais.

PLANEJAMENTO FAMILIAR

A possibilidade de realização da chamada contracepção cirúrgica não deve ser motivo de abandono do planejamento familiar. O alerta da secretaria de Governança da Saúde é para que homens e mulheres priorizem a saúde em primeiro lugar. O planejamento familiar é o passo mais seguro para evitar gravidezes indesejadas e concepções inesperadas.

Todas as unidades de saúde dispõem de contraceptivos (camisinha) masculinos e femininos gratuitos para homens e mulheres. Basta solicitar na recepção da unidade.

A rede pública de saúde também oferta para as mulheres a implantação do DIU mediante encaminhamento médico após consulta com ginecologista. É bom lembrar que a vasectomia e a laqueadura são cirurgias invasivas, e, portanto, uma última alternativa contraceptiva.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas