07/12/2022 às 19h23min - Atualizada em 07/12/2022 às 19h23min

Seis trabalhadores seguem em tratamento intensivo após ocorrência com gás na Usiminas; um em estado grave

De acordo com a siderúrgica, nove trabalhadores de uma terceirizada que estavam no Hospital Márcio Cunha em observação receberam alta

Redação
Foto: Matheus Luan/Vale 24 Horas

A Usiminas atualizou na noite desta quarta-feira (7) o quadro médico dos trabalhadores de uma terceirizada hospitalizados após a ocorrência envolvendo um vazamento de gás. De acordo com a atualização dada pela empresa, nove trabalhadores que estavam hospitalizados em observação receberam alta. Seis seguem internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Márcio Cunha, uma em estado grave. O vazamento ocorreu na noite dessa terça-feira (6). 

Ainda na atualização, a Usiminas disse "a situação operacional na Usina foi controlada na noite de ontem (6)", e que "após o acidente, as equipes técnicas da empresa realizaram prontamente medições na área interna e no entorno da Usina e não foi detectada a presença de gases, descartando riscos para colaboradores e comunidade".

O que causou o acidente ainda está em apuração pela Usiminas. Em notas anteriores divulgadas à imprensa, a Usiminas disse que "está prestando toda a assistência necessária aos empregados" afetados pela ocorrência. 

Confira a última nota divulgada pela empresa na íntegra:

Nota Usiminas – 17h30

Sobre o acidente registrado ontem, 6/12, a Usiminas informa que nove trabalhadores da usina de Ipatinga já receberam alta do Hospital Márcio Cunha, seis empregados seguem internados sob cuidados intensivos, sendo um em estado grave. Todos os empregados foram hospitalizados em função de um vazamento pontual de gás. 

A Usiminas esclarece que a situação operacional na Usina foi controlada na noite de ontem. Após o acidente, as equipes técnicas da empresa realizaram prontamente medições na área interna e no entorno da Usina e não foi detectada a presença de gases, descartando riscos para colaboradores e comunidade. As causas do acidente estão sendo apuradas e a empresa manterá todos informados.


O caso

Uma ocorrência registrada por volta das 20:30h dessa terça-feira (6), na usina da Usiminas, em Ipatinga, levou à hospitalização de trabalhadores terceirizados por inalação de gás. Dez trabalhadores de uma empresa terceirizada que estavam próximo ao local foram hospitalizados.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militares de Minas Gerais (CBMMG), a equipe não foi acionada para nenhum tipo de atendimento relacionado à empresa Usiminas.

"Assim que tomamos conhecimento dos fatos, fizemos contato com a empresa responsável pela segurança da Usiminas e fomos informados que não era necessária nenhuma atuação  do CBMMG no local, uma vez que a equipe da empresa já havia tomado todas as medidas necessárias e a situação já estava controlada", contou o CBMMG.

A Policia Militar de Meio Ambiente compareceu no interior da Usina nesta terça-feira e também se pronunciou sobre o fato.

"Apurou-se que o vazamento ocorreu em um gasômetro (local onde fica armazenado gases oriundos do processo de produção de ferro-gusa, o BFG). As causas ainda estão sendo investigadas, porém acredita-se que teria ocorrido por falha técnica do sistema de vedação do gasômetro, ocasionando o vazamento do gás. A empresa não conseguiu mensurar a quantidade de gás que teria vazado", disse a PMamb. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas