28/11/2022 às 10h20min - Atualizada em 28/11/2022 às 10h20min

Câmara de Ipatinga aprova PL para regionalizar o SAMU

Com esta aprovação, cidade entrará na fase de negociação com o CONSURGE

Redação
Foto: Divulgação/PMI

Foi aprovado em segunda votação e redação final, no plenário da Câmara de Vereadores de Ipatinga, neste domingo (27), o Projeto de Lei n° 248/22, que oficializa o protocolo de intenções a fim de que o município faça parte do Consórcio Intermunicipal da Rede de Urgência e Emergência do Leste de Minas Gerais (CONSURGE). O organismo é responsável pela gestão e operacionalização do SAMU na região Leste e no Vale do Aço, conforme convênio firmado com a Secretaria de Estado de Minas Gerais (SES-MG).

Com esta aprovação, Ipatinga entrará na fase de negociação com o consórcio para regionalizar o serviço.

“É importante deixar claro que não há a menor hipótese do SAMU deixar de atender em Ipatinga. Pelo contrário, teremos um atendimento mais eficiente e amplo. As principais cidades brasileiras já enxergam os consórcios de Saúde e adesão a eles como o caminho para ampliar o atendimento e atender o que preconiza o Sistema Único de Saúde (SUS). Uma vez regionalizado, a competitividade é o fator que irá tornar os custos menores, possibilitando ampliação do atendimento. Teremos mais bases de apoio, contaremos com mais profissionais, ambulâncias e até um helicóptero para resgate, além de troca da frota de veículos. Se não aderirmos ao consórcio, há a possibilidade inclusive de perdermos recursos oriundos do Governo do Estado”, explanou o prefeito Gustavo Nunes.


Adesão

A partir de agora, com a aprovação, o município terá até 100 dias após a adesão ao consórcio para organizar toda a tramitação, e a mudança só será realizada com todas as garantias assistenciais do município asseguradas por meio de contrato, conforme explica o secretário de Saúde de Ipatinga, Cléber de Faria.

“Vamos ampliar as possibilidades de resposta no que diz respeito a toda a região do Vale do Aço, porque com a entrada de Ipatinga no CONSURGE mais ambulâncias serão colocadas à disposição, o que contemplará a nossa macrorregião como um todo. Ainda há a possibilidade de ampliação de ambulâncias para a base de Ipatinga. Nosso SAMU não sofrerá qualquer tipo de perda e a mudança só será realizada com todas as garantias”, concluiu.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://vale24horas.com.br/.
Fale com a #Redação
Fale com a #Redação
Encontrou algum erro? Quer fazer uma sugestão de matéria? Fale agora mesmo com a redação do Vale 24 Horas