Unidade Móvel de Saúde inicia atendimentos oftalmológicos nesta quinta-feira (9) em Fabriciano

A carreta é equipada com uma clínica capaz de atender até 150 pessoas por dia

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_imgspot_img

O Município de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde, inicia nesta quinta-feira, 9, um mutirão de atendimentos oftalmológicos na Unidade Móvel de Saúde do Instituto Luz Para Vida.

A carreta é equipada com uma clínica capaz de atender até 150 pessoas por dia. Para ter o serviço, o município realizou o credenciamento para contratação da empresa prestadora, que atua em parceria com o instituto. Por meio de um termo de cessão, a unidade móvel estacionou na Praça da Estação com toda a estrutura necessária para realizar exames, consultas e procedimentos oftalmológicos.

O Secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, informa que considerando que na pandemia da COVID-19 houve suspensão de serviços, tendo por consequência o aumento das filas, o município através da Unidade Móvel de Saúde vai atender a demanda reprimida de forma efetiva.

Cerca de 8 mil estudantes da rede municipal de educação serão os primeiros pacientes, os alunos irão ganhar exames oftalmológicos e havendo necessidade, após avaliação médica, o fornecimento de óculos de grau.

De acordo com o prefeito, Dr. Marcos Vinicius, a contratação da carreta do Instituto Luz para Vida atende a uma preocupação da administração municipal com a qualidade de vida dos alunos da rede pública. “Os benefícios serão muito grandes. Nós vamos devolver a visão para inúmeras crianças que hoje enxergam mal e não conseguem ter o mesmo aproveitamento em sala de aula, e até mesmo identificar outros problemas de saúde. Então esses atendimentos vão além da saúde visual. A educação também vai ganhar muito”, disse.

Moradores que passaram pelas unidades de saúde e aguardam procedimentos ambulatoriais e cirúrgicos também serão atendidos na carreta oftalmológica. O município pretende zerar as demandas.

O projeto

O Projeto Luz para Vida começou em 2016 e já percorreu cerca de 150 municípios mineiros. Segundo o instituto, mais de 100 mil consultas médicas oftalmológicas foram realizadas neste período. A ONG possui parcerias com a Mercedes Bens e o governo alemão.

- Ad -spot_imgspot_img

Notícias relacionadas

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img